Porque o marketing de rede é mais seguro do que um emprego

Ontem estava fazendo uma apresentação para uma pessoa extremamente cética em relação ao Marketing de Rede, que chegou a “zombar” de mim quando apontei algumas vantagens desse negócio, e tive, então, que explicar-lhe o porquê de minhas afirmações.

Acho que o que falei é um assunto pertinente a ser explorado aqui no blog e resolvi criar um post sobre o mesmo.

Quero, no entanto, enfatizar que minha afirmação se baseia na experiência que tenho com a empresa com que trabalho e no conhecimento que detenho de apenas algumas outras empresas, mas não posso dizer se é algo passível de ser afirmado pelo distribuidor de qualquer companhia, uma vez que não conheço os planos e termos contratuais de todas elas.

Mesmo assim, ainda penso que minha explicação, em maior ou menor grau, serve para todos. Você verá que a teoria que uso não é um raciocínio restrito à “empresa A” ou a “empresa B”, mas, sim, é a idéia que rege toda a indústria do Marketing de Rede.

Ainda antes de entrar na história que me fez escrever o post, eu queria dizer que esse artigo é, sobretudo, voltado às as pessoas que não tem mentalidade empreendedora e que, por compararem o MMN com um emprego, acabam não entrando no negócio por acharem que ele não é seguro – como se uma carteira assinada fosse segurança de alguma coisa.

Marketing de Rede é mais seguro do que emprego

Bem, durante minha apresentação, na tentativa de mostrar para a pessoa que ela estaria construindo um negócio para si, e não trabalhando numa empresa para “outros”, eu falei que ela teria posse de um negócio “vitalício e hereditário”.

Como você deve saber, essa é uma afirmação corriqueiramente utilizada nas reuniões de oportunidade. O que a maioria das pessoas não sabe é o que embasa essa afirmação – e esse era o caso de meu interlocutor.

Quando afirmamos que um negócio de Marketing de Rede é “vitalício e hereditário”, queremos dizer que o empreendedor receberá seus bônus até o fim da vida e mesmo depois que se for, seu negócio fará parte de seu patrimônio e será repartido entre seus herdeiros.

Na verdade, em relação ao “vitalício”, o que muitos dizem e que até já cheguei a ler em algum livro, é que o MMN é um negócio para “preguiçoso”, pois ele lhe possibilita trabalhar muito nos primeiros anos e logo aposentar-se com uma renda “para toda a vida”.

E é justamente aí que entra a descrença das pessoas – e também foi aí que meu prospect começou a rebater-me. Realmente, para quem não tem uma visão mais profunda do negócio, num primeiro momento logo vem uma pergunta à cabeça: “quem garante que a empresa vai continuar me pagando meus bônus mesmo depois que eu parar de trabalhar?”.

De fato, garantias eu não posso te dar de nada, nem mesmo de que eu ou você terminaremos o dia com vida. E, como sabemos, pequenos negócios podem “quebrar”, grandes empresas podem quebrar, mas isso também é possível à governos, à países e até em “quebradeira” continental já se falou.

Isso é um fato, mas se for pensar que esse é um empecilho à sua prosperidade, você nada fará da vida. Mas uma coisa eu te garanto: exceto em caso de falência (claro que existem “n” fatores além desse, tanto para empresas de MMN, quanto para quaisquer outras), você terá muito mais segurança trabalhando como distribuidor de uma empresa de Marketing de Rede do que como empregado de uma empresa tradicional. E vou te explicar por quê.

Seja um empreendedor no MMN e não um número no mercado tradicional

Numa empresa tradicional, o empregado não é mais que um número. Até na área de vendas, o coração da empresa, nada impede que um super vendedor seja substituído por outro. E mesmo no caso de empregos concursados – almejados por multidões, devido a “segurança” – já ouvimos falar em demissões sem justa causa.

Ou você não lembra dos planos de demissões voluntárias, impostos há alguns anos por grandes bancos brasileiros, onde o que desejavam, nada mais era do que substituir seus funcionários antigos, que ganhavam mais, por novatos, que não fariam questão de fazer o mesmo trabalho pela metade do salário?

Então, segurança não existe em lugar algum, amigo. E o que se pode fazer quando as grandes empresas abusam de seus funcionários? Greve? Nós sabemos que isso é o fim da picada!

A verdade é que no fim das contas, a conhecida e desejada “carteira assinada” é um instrumento ilusório, de manipulação do senso comum, dos que buscam “segurança”. Noventa porcento dos milionários nunca a tiveram ou sequer pensaram em tê-la.

Mas voltemos à história. Você já deve estar pensando: “ok, Pablo, mas e onde está a segurança do distribuidor de Marketing de Rede?”. Como já falei, segurança não há em nada, mas o profissional de Marketing de Rede tem, sim, uma certa segurança.

Ele não precisa fazer greve! A empresa está em suas mãos e ela sabe disso. Ele não é apenas um número que pode ser descartado a qualquer momento.

Seria muito cômodo para uma empresa de MMN simplesmente excluir o ID de um grande líder, que angariou uma organização de milhões em consumo e vendas e simplesmente parar de pagar-lhe os bônus – mas isso é quase impossível (salvo os descumprimentos às normas e procedimentos a que esse líder está submetido).

O profissional de Marketing de Rede não é um empregado, mas um dono de negócio. E muita gente não entende, também, essa questão dele “ser dono”. Como pode ser dono, se a empresa não é dele?

Carteira "assim nada!"

No Marketing de Rede você é dono do seu negócio, sim!

E é respondendo essa pergunta, que irei explicar-lhe onde está a segurança do profissional de MMN. Em primeiro lugar, toda empresa que se preze se utilizará de um contrato de distribuição, onde os direitos de ambas as partes estão assegurados – e isso já é uma segurança para o distribuidor.

Mas, como muitos dizem, “isso não quer dizer nada”. Ok, para os céticos, nenhum argumento é válido. Vamos então para a prática: em primeiro lugar, lembre-se que no Marketing Multinível você faz parte da rede de distribuição de alguém, certo?

Esse alguém entrou no negócio sob as mesmas perspectivas que você. Disseram à ele que o negócio era vitalício, que era hereditário, etc, etc, etc.

Esse alguém trabalhou duro, ralou muito, falou com muitas pessoas que não acreditavam que era possível, que não acreditaram no seu blá blá blá, mas, enfim, seu esforço foi reconhecido e ele construiu uma grande organização.

Como planejado inicialmente, esse alguém resolveu aposentar-se aos quarenta e poucos anos e assim o fez. Ele foi morar na praia e viver com as “pernas pro ar”. Qual a segurança que ele tem de que a empresa vai continuar pagando-lhe para o resto da vida?

Bem, vou ser chato e repetir pela terceira ou quarta vez: nenhuma! Ele não tem nenhuma segurança e ao mesmo tempo tem toda a segurança do mundo, pois o negócio é dele e não da empresa.

Vamos lá… Passados dois anos, a empresa resolve dar uma de esperta e pára de pagar os bônus de seu anteriormente estimado líder. E o que ele faz? Ele vai para a porta da empresa com a cara pintada, faixas, bandeiras, megafones e muita raiva para gritar “greve” o mais alto que puder?

Claro que não, amigo. Ele simplesmente fará uma ligação para cada um de seus líderes de primeiro nível e colocará a situação na mesa. Falará que a promessa de ganhos vitalícios era uma farsa e que, provavelmente a de hereditariedade também será – mas aí ele nem terá como saber.

Por consequência, esses outros líderes também contarão para seu respectivo primeiro nível e isso ganhará um efeito cascata, até chegar aos seus ouvidos.

No Marketing de Rede, você está no comando

Agora imagine, você e uma multidão de novos empreendedores de sua empresa, iniciando no negócio, sem tantas conquistas ainda, sem tantos motivos que lhe grudem ao negócio. De repente, sabendo que o grande líder de seu grupo não está recebendo o cheque dele.

O que você fará? Continuará comprando produtos dessa empresa, continuará promovendo-a como o melhor negócio do mundo? Nem você nem ninguém fará isso.

Todos cancelarão seus pedidos num piscar de olhos, todos começarão a falar mau da empresa e logo, o que acontecerá? A empresa “quebrará”! E será que sua empresa deseja isso? Será que seus dirigentes são burros a esse ponto? Percebeu a diferença?

Enquanto os profissionais de empresas tradicionais fazem greves, os de Marketing de Rede tem o poder de quebrar o negócio.

Peço-lhe que entenda que eu não estou aqui incitando nada. Não tô falando pra ninguém quebrar empresa nenhuma. Pelo contrário, estou falando essas coisas para lhe encorajar a entrar para alguma empresa de Marketing de Rede, ao mostrar-lhe o quão seguro é esse negócio. O quanto você será dono dele e o quanto poderá usufruir do mesmo.

As boas empresas sabem que seu principal ativo são seus distribuidores, sabem que esse negócio é feito de gente diferenciada, de gente positiva. E que gente positiva merece viver com grandes cheques 😆 . Eles nunca vão parar de pagar os cheques dos grandes líderes.

Desafie a si próprio e construa um grande negócio de Marketing de Rede

Quando eu falo isso, você pode dizer “sim, Pablo, mas o que minha segurança tem a ver com a do grande líder que está morando na praia?”. E eu te respondo: o grande líder pode ser você.

Eu só criei o personagem do “grande líder” pra ilustrar que hoje você faz parte da rede de alguém, mas amanhã milhares de pessoas podem fazer parte da sua. E esse “sua”, quer dizer sua mesmo. Quando for dono de um grande negócio de MMN, ele será de fato seu. E nenhuma empresa ousará parar de pagar-lhe seus merecidos bônus.

E mesmo que você tenha escolhido uma má empresa e ela pense em lhe sabotar, ainda assim terá a segurança que seu grupo lhe conferirá – não como subordinados, mas como parceiros de negócio que estão no mesmo barco que você e que sabem que se hoje a empresa lhe fere, amanhã poderá feri-los também.

Então, caso isso ocorra, como líder, você terá em suas mãos o poder e o papel de conduzir seu grupo pelo melhor caminho. Entendeu onde está sua segurança? Você acha que um empregado tem esse mesmo poder sobre a empresa na qual trabalha? Claro que não.

Se construir seu negócio sobre os pilares da moral, da ética, do profissionalismo, do respeito e do apoio a cada um de seus downlines, ele será sempre seu. E a empresa será apenas o veículo que você e as pessoas que você achou merecedoras irão se utilizar para chegar aonde quer que desejem.

A história está bonitinha demais pra ser verdade? Simples: escolha uma boa empresa, desafie-se a ser um grande líder na mesma, construa seu negócio com seriedade e quando estiver milionário, vá morar na praia.

P.S.: Por favor, alguns anos depois de parar de trabalhar, volte aqui no blog e deixe um comentário nos dizendo se a empresa foi burra de parar de lhe pagar.

87 COMENTÁRIOS

  1. Top demais seu Blog se alguém Aqui no Blog se interessar em conhecer a melhor empresa de Marketing multinível, e vendas do Brasil ( GRUPO HINODE ) será um prazer lhe apresentar entre em contato comigo.

  2. Parabéns pelo artigo Pablo, o Marketing Multinível é uma das melhores maneiras de conquistar a liberdade financeira. não existe coisa melhor que poder ganhar dinheiro sem limite, não depender de patrão, ter tempo livre para a família,

    Mas infelizmente algumas pessoas ainda hoje tem um certo preconceito sobre o MMN. Um outro grande problema é muitas pessoas não sabem como divulgar sua oportunidade de forma profissional e ficam enchendo grupos de Spam.

  3. Pablo, excelente!
    Hoje tb sou executiva de MMN, escolhi a Jeunesse pela linha de produto que ela tem. Faço isso em paralelo a minha atividade, estou gostando muito. Os produtos se vendem fácil quando você se torna produto do que vc vende.

  4. Prezado Pablo,
    Parabéns pelo post, esta é uma questão ainda muito pouco abordada até pelo preconceito da maioria da sociedade, gostaria de compartilhar seu post com meu grupo de MMN, se me permitir ficarei grato, pois pode esclarecer muito,
    Obrigado por compartilhar o conhecimento.
    Amilcar Mazala

  5. Olá, caro Pablo!

    Aceite meus sinceros agradecimentos pelo seus posts esclarecedores, Muito obrigado e tomara que muitas pessoas tenham acesso ao seu trabalho, isso trará um fortalecimento a esse mercado revolucionário e transformador para quem gosta de trabalhar e ajudar as outras pessoas a crescerem também.

    Forte Abraço

  6. Boa tarde Pablo!

    Estou desde cedo até agora lendo sobre as empresas de Marketing Multinível. Encontrei muito material a respeito, uns falando a favor, outros contra e a salada mista nas minhas idéias se instalou de fato.
    O que passa é que estou desempregada e com a situação em que nosso País se encontra estou pessimista quanto a arrumar um trabalho digno.
    Ontem tive a oportunidade de participar de uma reunião de Jeunesse. Essa empresa trabalha o marketing multinível e me despertou bastante interesse, mas, na mesma proporção a desconfiança. É necessário um investimento para entrar no time de revendedores deles e isso me deixou muito desconfiada.
    Paga-se um taxa de inscrição e tem que adquirir uma cota de produtos.
    Não sei o que fazer!
    Você conhece e recomendaria essa empresa?

    • Olá Rosania, a primeira coisa que você deve fazer nesse caso é consultar no site da ABEVD, que é Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas e vê sê ela está cadastrada lá.

    • Olá Rosania Martins, realmente essa crise pegou o brasileiro de jeito, pra mim o Marketing de Relacionamento é a grande saída. Não se iluda com dinheiro fácil, pois o Marketing de Relacionamento não tem nada haver com isso, é trabalho duro e muita dedicação, mas com um excelente resultado financeiro e qualidade de vida. E quanto mais vc se dedica mais vc cresce. E o que o Eduardo Costa disse é verdade, tem que ser cadastrada na ABEVD e seus produtos registrados na Anvisa, eu sou cadastrado na Jeunesse e sim, é uma empresa séria de muito valor, porém o meu problema foi com o preço dos produtos e a dificuldade de vendê-los, tbm a dificuldade de cadastrar pessoas pelo alto valor de investimento, por isso quero lhe apresentar a Boulevard Monde, uma empresa registrada na ABEVD e com seus produtos registrados e aprovados pela Anvisa, conta com produtos de alta qualidade e preços bem mais acessíveis, com produtos de grande saída e cadastro inicial de R$347.

    • Entra não amigo maior furada tenho um afilhado que tá devendo até eu a moto dele mais uma pá de coisa aí e ele é o palestrante tem essa empresa aqui na cidade tem que ser hoje o tempo todo que ele tem sucesso financeiro pura fachada não consigo achar a vantagem no tipo de marketing de rede que existe aqui no Brasil sei que tem muita gente ganha dinheiro mas também sei que tem grande parte que não ganha nada e ainda fica todo endividado

  7. muito bem explicado, entrei em uma empresa de mmn somente com o objetivo de poder comprar produtos para consumo proprio. acabei vendendo só por estar consumindo dai passei a gostar de vendas, despertando interesse de outras pessoas entao comecei a cadastrar. hoje tenho tempo para familia.
    mmn é um trabalho diferenciado

  8. Pablo Parabens pelo seu blog … achei super interessante o tema MMN Faz anos que sei sobre esse mercado começei desenvolver agora mais no nome de minha esposa e o que voce fala não é asneira como nosso mal informado ai em cima disse , tem que ser Aguia para ver o tamanho do negocio MMN POR ISSO AS PESSOAS NÃO ACREDITA ABRAÇO E SUCESSO A TODOS !!!

  9. O grande problema é que tem muita piramide disfarçada de MMN, dinheiro fácil não existe (só se for as custas de pessoas gananciosas que acabam ficando “xupando dedo”), tem cara que já se especializou em golpes desse tipo, vivem trocando de empresa, graças a Deus trabalho com colchões magnéticos numa empresa séria com um MMN sério.

  10. Olá pablo gostei bastante de todas as bordagem desce mercado markemultinivel,entrei neste mercado agora a pouco tempo.Afirmo a v/c deque eu vejo um pouco de dificuldade neste mercado pelo fato de que mmn e pirámide ser muito semelhantes quando falamos que temos que convidar pessoas para entrar no negócio já ficam de pé atraz..Há uma receita pra quebrar esse gelo?

    • Meu Querido,

      Hoje desenvolvo um projeto de MMN também, e escuto muito isso. Porém existe um diferença brutesca entre pirâmide e MMN.

      Primeiro: A pessoa que te aborda com esse argumento, normalmente não sabe nem o que é pirâmide. Diga a ele assim: Pesquise no google o que é pirâmide! Logo vai encontrar pirâmides no deserto. Então seu negócio não é pirâmide.

      Segundo: Pirâmide Geométrica toda instituição é. Se o argumento pra não trabalhar na sua empresa é porque é uma pirâmide, então ele nunca vai trabalhar em nada. No Banco, na escola, na industria, no escritório, na igreja, até na família dele, existe uma pirâmide geometricamente falando.

      Terceiro: Pirâmide financeira, pela justiça Brasileira é uma empresa que sobrevive apenas pelo cadastro excessivo de pessoas, onde a empresa não possuí produto ou serviço a ser oferecido ao cliente. Sua empresa é assim? Acho que não! Portanto sua empresa não é Pirâmide financeira.

  11. cara, primeiramente quero parabenizar pelo artigo , muito bom . Realmente acontece muito isso comigo também, quando vou dizer para alguém tudo aquilo que o Marketing Multinivel pode oferecer acabam duvidando e até zombando . Mas uma hora eles acabam vendo que realmente o MMN é um bom negócio e acabam voltando atrás .

    • Você não precisa ler minhas asneiras, Valter. Existem milhares de sites de fofocas, novelas, jogos, piadas, Big Brother e um monte de coisas muito mais legais por aí. É só você ir para um desses outros sites, que eu garanto que não lhe incomodarei. Abraço e sucesso!

      • Caro Pablo,
        havia uma época que algumas pessoas em bares,tomado uma cerveja e comedo algo,davam opiniões a respeito de tudo, e aquilo ficava ali na mesa…
        Com o advento das redes sociais,alguns “letrados” escrevem opiniões demostrando ignorância, e as vezes falta de um minimo de educação e bom senso.
        Seu texto é extremamente esclarecedor e inteligente, e sugestivo para uma qualidade de vida.

  12. Excelente post Pablo, o marketing de rede já abriu diversas porta pra mim, hoje eu vejo o marketing de rede não apenas como um negócio, mas como uma faculdade para o sucesso, se meu negócio não estivesse dando certo ainda assim teria valido apena por todo conhecimento adquirido que me ajuda em todas as partes da vida. Hoje trabalho com tradicional+negócio próprio+mmn, quanto mais fontes de renda melhor hehehe.

  13. Muito bom comentário.

    Realmente é um excelente profissional de MMN.
    Claro e objetivo.
    Trabalho com uma empresa de MMN a 5 anos e mudou drasticamente minha maneira de pensar em relação ao negócio.
    Hoje trabalho no tradicional e desenvolvo meu negócio de MMN em paralelo, pois melhor que uma fonte de renda são duas.
    Abraços e sucesso a todos.

  14. Excelente artigo, Pablo! Realmente, o Marketing Multinível eh a melhor forma de conquistar a sua liberdade financeira. Eu ganho dinheiro na Internet a partir de casa já faz 15 anos e não existe coisa melhor – poder ganhar dinheiro sem limite, ser seu próprio dono, ter tempo para a família, poder viajar quando quiser – tudo isso não tem preço!

      • Olá Renato, acabei de entrar numa empresa MMN, sempre lí artigos sobre o tema e sempre desejei entrar, porque o que as empresas tradicionais nos oferecem no final de carreira não é nem um pouco atrativo e muito menos suficiente para ter uma aposentadoria no mínimo digna, por ter uma vida toda se dedicado a mesma. Quebrei esse paradigma e após muitas pesquisas e estudos investi numa empresa que oferece algo vitalício e hereditário, o que tenho a perder? Miséria em vista do que posso ganhar e não preciso esperar 40 ou 50 anos para me aposentar. Após o conselho de uma amigo que já está em outra empresa de MMN há 6 anos e ganhando 50000,00 reais/mês, não entrei na mesma por dois motivos: a quantidade de anos que já está no mercado o outro por não morar mais no Brasil. Essa empresa ainda é meu plano B vou me dedicar como outra qualquer e tenho certeza que logo estarei lá em cima. Se quiser maiores detalhe entre em contato. Podemos bater um papo sobre o assunto ou somar ideias.

  15. primeiramente obrigado pelo artigo.no comeco do ano passado me convidaram para um empresa de mmn onde tinha que comprar franquia para entrar no negocio era coisa de 4000 reais e ativacao de 700 reais olha ñ consegui linkar ninguem . o meu tempo nessa empresa foi 60 dias e sai e entrei em uma que ñ precisava comprar franquia com 129 vc ja fazia negocio hj faco 9 meses que entrei nessa empresa e ganho 500 reais por mes sem fazer nada as pessoas se auto cadastrava hj minha organizacao tem 380 pessoas meu residual é de 1200 reais por mes mais vendas

  16. Obrigado pelo artigo, muito bom reforçar a segurança da nossa indústria que cresce cada vez mais afinal somos o NEGÓCIO DO SÉCULO XXI como diz Robert Kyosaki. Quero deixar aqui o link para a empresa com que trabalho empresa com 16 anos e com patente registrada no INPI essencial pra quem quer gerar renda residual e ainda garantir a segurança financeira da família.
    Abraço e novamente parabens pelo artigo Pablo.

  17. OLA EM Q EMPRESA DE MMN VC TRABALHA?
    E QUAIS AS DIFICULDADES Q VC ENCONTRA NO DIA A DIA…
    E PARABÊNS PELO TRABALHO. ..

  18. Na verdade sou novo nesse negócio de multinivel.
    Entrei na UP! Essência em fevereiro de 2014 em um mês de negócio faturei 2000 R$ só com minhas vendas estou muinto satisfeito com os resultados. O bom da UP! é ter um produto que vende muinto.

      • Olá Renato, tudo bem?

        vejo que tem interesse em uma empresa de MMN, certo?
        entre em contato comigo por email, te apresento a empresa na qual trabalho, sem compromisso, caso não se interesse sem problema, mais é importante que a conheça!

      • Parabéns Pablo, muito esclarecedor seus posts.
        Renato, como você manifestou interesse por MMN, sugiro que você pesquise diversas empresas e busque se cadastrar na empresa que você se identificar.
        Eu também trabalho com MMN, caso tenha interesse em conhecer a empresa/produtos que trabalho, é só entrar em contato,

  19. parabéns Pablo, penso que em breve estarei fazendo um contato mais próximo com voce, pelas orientações diretas através dos artigos que venho lendo em seu blog, muito obrigado.

  20. Parabens pelo artigo,eu sou iniciante neste seguimento de negocios sem duvida me deixou muito mais confiante em seguir em frente.este artigo agora faz parte de minha abordagem a novos contatos.aproveitando o espaço vou deixar meu link de convite ao mmn a qual iniciei

  21. Resta saber se o mundo todo ficará milionário se esse Evangelho econômico for seguido por todos, já que poderiamos dar fim a sociedade ou se enjaularmo-nos em nossas casas a procura de compradores/distribuidores. Além disso, fora os clichês que essa postagem tem, o discurso está bem redigido e penso se não haveria uma certa saturação no mercado se todos por exemplo vendessem digamos batatas pringles e todos os vendedores/consumidores ficassem ricos com isso!!! Fora que seria um bom motivo para criarmos novos feudos ou explorarmos mais nossos amigos e parentes queridos unicamente por que podem nos dar dinheiro em abundância, o que mais falta ao ser humano é exatamente a felicidade que o dinheiro não traz!!!

    • WANDERLEY, seu comentário faz sentido quando ainda nao vive o negócio, o marketing de rede nada mais é que um encurtamento no caminho do produto da fabrica ao consumidor, consumir produtos e pessoas para consumir sempre vai existir, e com o crescimento do sistema de mercado em breve você vai consumir muitos produtos de sua casa e participar de alguma forma de fornecimento via marketing de rede, não será uma busca por pessoas, mas uma batalha das empresas em querer sua fidelidade, e se você for dono de uma rede e principalmente entender de fato o futuro deste negocio, não pensará nos problemas futuros e sim nos resultados agora, imagine se todos se convencerem em não beber água porque vai acabar, acesse meu site

  22. Realmente amigo , tenho que lhe parabenizar pelo conhecimento do asunto.
    Grandes duvidas são esclrecidas em seus posts .
    Suas matérias são as melhores que eu já li a respeito de MMN !
    Parabéns mesmo ! abração !!

  23. Ola Obrigado por tudo conteúdo que esta sendo muito utilizado por mim Voltarei nesse blog mais não em anos esse ano ainda* Vou continuar estudando .

    Abraço e parabéns para o Autor.

  24. Bom dia a todos. Depois que entendi o sistema de MMN, também não perdi tempo. Entrei para uma empresa de MMN. Mas quero aqui alertar as pessoas para tomarem cuidado ao escolherem a empresa em que vão trabalhar. Um amigo meu me convidou para entrar em uma empresa de MMN com ele. Depois que ele me explicou tudo, eu simplesmente respondi a ele que AQUILO que ele estava fazendo é crime. Sem precisar dizer nome de empresas vou dar um exemplo. Imagine que você tem uma loja “A”. Você vai contratar uma empresa “B” para divulgar sua loja na internet e a empresa “B” vai te cobrar apenas quando alguém visualizar seu anúncio. Isto é, toda vez que alguém ver seu anúncio na internet, você deverá pagar por isto à empresa “B”. Ora, o que vem acontecendo com este trabalho é que a empresa “B”, depois que assina o contrato com a empresa “A”, contrata pessoas para visualizarem o anuncio daquelas empresas que a contrataram para receber pela visualização conforme o contrato. Isto é uma farsa. Pessoas são pagas para verem um anuncio simulando um interesse apenas para aumentar a visualização do anuncio, fazendo com que a emp´resa “A” pague mais à empresa “B”… Portanto analisem onde estão entrando, se não tiver produtos no negócio, caiam fora… Um abraço a todos!

  25. Caro Pablo,

    Primeiramente quero parabenizá-lo belo excelente trabalho desenvolvido em seu blog.Primeira linha.
    Gostaria de saber, se dentro de uma área de 2.000 pessoas o trabalho de convites para contratados para participar de uma empresa de MMN, teria espaço pra que fica na base? Esses convidados seriam prejudicados?

  26. O conteúdo desse artigo explica exatamente o porquê do MMN atualmente. Faz pouco tempo que entrei nesse ramo mas já posso afirmar que o melhor que fiz nos últimos anos. Pois cansada de trabahar, fazer horas extras, bicos de fim de semana e não conseguir o necessário para passar o mês, resolvi arriscar pedi demissao do entao “emprego seguro” que pra mim já não fazia sentindo e com o dinheiro que recebi referente ao tempo trabalhado no “emprego seguro” entrei para meu primeiro negócio de MMN, hoje estou satisfeita com os ganhos que no primeiro mês ultrapassou o salário que ganhava, consegiui pagar todas as contas do mês e ainda sobrou para que pudesse reinvestir, por isso o conselho que deixo aqui é para leiam esse post e se vocês quiserem ser donos de seus destino procurem MMN e sejam donos de seu próprio negócio só assim conseguiram a segurança de que tanto falam.

  27. Olá Pablo, boa tarde.
    Parabéns pelo artigo muito bom.
    Foi esclarecida muitas duvidas e inseguranças sobre MMN.
    Mas não deixei de ler a pergunta da Manuela e a sua resposta.
    Eu sou empreendedor de uma empresa no ramo do MMN, e estou com uma grande dificuldade em administrar, por tenho um emprego fixo e me sobra pouco tempo para duplicar o negócio, li em sua resposta que o MMN é para um empreendedor, só que hoje em dia, principalmente no Brasil, não temos essa cultura de formar empreendedores, digo isso por que, MMN oferece uma renda indesejável e com um futuro maravilhoso e tem empresas que da ate prazo de 5 anos para aposentadoria, e é pra qualquer pessoa, com experiência ou não, as empresas mostram grandes empreendedores que fizeram fortunas trabalhando, mas esquecem de dizer que esses empreendedores já trabalhavam no ramo de MMN a mais de 10 anos ou já tinham um vida financeira estável, e não mostra a verdadeira realidade de atrair pessoas que não conhece e nem se preocupa em saber da força do mercado MMN, a segurança que um emprego fixo nos proporciona é maior que a MMN nos oferece, tenho certeza que é ótimo negocio e que o Brasil irá crescer muito.

  28. Realmente é mais seguro.
    É só trabalhar com seriedade e dedicação. Mas primeiro escolha uma empresa séria. Eu visitei até a sede da empresa de MMN que aderi para me certificicar da solidez e da própria existência da mesma como empresa.
    Depois disso me cadastrei. É claro que leva um tempo para se obter os retornos a ponto de se dedicar integralmente ao negócio. Por isso estou me dedicando parcialmente sem abandonar minhas atividades atuais. Oque é muito importante no início do seu empreendimento. Conheça através do meu site esta oportunidade e se quiser pode entrar em contato comigo através dos canais do site para tirar suas dúvidas. http://sejaumempresario.webnode.com
    Conto com sua visita.

  29. trabalho com marketing de rede e antes posso dizer que é recompensador não apenas em termos financeiros, mas também e principalmente por toda a gama de possibilidades a serem empreendidas e aprendidas nesse negócio.

    Me add no msn, skype ou face para conversamos sobre isso 😉

    grata pelo blog tão enriquecedor e pela oportunidade de estar nele.

    Alba B Silva

  30. Parabéns pelo seu trabalho que com certeza ajudara muitas pessoas que querem fazer MMM mas estão cheias de duvidas. Acredito no poder doMMM e nos sonhos que podemos realizar. Sou um empreendedor POLISHOP e estou aprendendo outra forma de MMM. Quem quiser conhecer Acesse polishop e digite minha ID Diogenesshop.

  31. Muito bom o seu site Pablo! Não conhecia ainda. Realmente o Marketing Multinível não se compara.. É sem dúvida a melhor forma de se remunerar uma pessoa pelo seu trabalho. É justo.

    Estou com dois projetos de divulgação do meu negócio Polishop em andamento, quem quiser dar uma olhada:

    Obrigado pelas informações Pablo e parabéns pelo site!

    Sucesso!

  32. Todo empreendimento requer dedicação e disciplina, a partir de hoje faço parte da Mister Colibri.Sigo o exemplo de vários amigos bem sucedidos que mudaram suas vidas e hoje são mais felizes e independentes.Podendo dar mais conforto a suas famílias e viver um padrão digno de vida.Com muito trabalho chegarei ao topo se Deus quiser.

  33. Concordo plenamente que o MMN é um négocio que deve ser levado a sério como qualquer outro. A questão é que nós desde nossa infância aprendemos que devemos estudar, nos formar e procurar um emprego e não somos preparados para sermos empreendedores e muito menos utilizando a internet como ferramenta para desenvolvê-lo.

    Parabéns pelo blog. Artigos de conteúdo muito útil.

  34. Acredito nisso Pablo, você mandou muito bem, entrei há apenas 3 meses no MMN e estou maravilhado, fui a uma formação de minha comunidade (Mister Colibri) e lá um comentário de uma pessoa que entrou a pouco tempo me chamou a atenção, ela disse que nós procuracimos informação sobre o assunto e, é o que estou fazendo, não fazia ideia da magnitude do negócio é incrível, entrei e vou me qualificar a cada dia para preparar meus afiliados da Mister Colibri.

  35. entrei na Up em Janeiro , e já faturo 800,00 td mes só de lucro. agora estou inverstindo em MMN, quero chegar a 10000.00 em 1 ano.

    quem quiser se cadastrar minha ID: 57650.

    temos produto e preço!

  36. Olá Pablo, parabéns pelo blog e pelo excelente artigo. O marketing de rede é, de facto, um modelo de negócio muito aliciante. Mas, não há negócios perfeitos e o marketing de rede requer uma atenção muito especial na duplicação. Só com uma equipa produtiva é que marketing de rede faz toda diferença.
    Cordialmente
    Manuela Gouveia

  37. Olá Pablo:

    O paradigma das pessoas de terem um emprego vem da casa dos pais.
    “Estude para arrumar um bom emprego”, diziam nossos pais.
    O que ocorre é que as pessoas não estão se dando conta que os empregos estão terminando. Existem sim os sub-empregos. Tô fora.
    Gostei da sua afirmação que no MMN somos nós no comando.
    Isto é mesmo o que temos que passar para os iniciantes.
    PARABÉNS, RECOMENDO A LEITURA.

  38. Olá Pablo,

    Em primeiro lugar dou-lhe os parabéns pelos artigos que tem postado no seu blog.

    Eu hoje estou muito contente com tudo que está acontecendo na vida através do trabalho com está industria de Marketing de Rede.

    Estou vivendo o meu melhor momento, porém vale a a pena ressaltar que esse negócio é trabalho, trabalho, trabalho, e trabalho duro! Mais diferente do sistema tradicional, que também é duro mais não se ver a cor do dinheiro, aqui você não só ver dinheiro como também conquista sua liberdade de tempo pra Deus , sua família e etc…
    Vamos que vamos rumo ao Topo!

    Derlan Pedroso

  39. Muitas empresas hoje em dia estão aderindo ao marketing de rede como principal fonte de divulgação, e isso é só o começo desse gigantesco negócio. Descobri que o Marketing de rede é a profissão do futuro.

    No meu blog coloquei alguns artigos sobre Marketing de rede e MMN, lá explica como escolher a empresa certa para participar .
    Minha vida está mudando e a sua também pode mudar! Vale a pena conferir.

  40. Obrigado Pablo por este espaço maravilhoso, onde sem abrindo muito minha mente em relação a negócios em rede. MMN esta surpreendendo todas as minhas expectativas. Tenho certeza que vou conseguir me manter através deste mercado

  41. Oi Pablo,
    Boa noite. Leio com muito interesse os seus posts. De muita qualidade. Concordo com tudo o que diz, mas se o emprego for estável, ele oferece mais segurança no curto, médio prazo, pois, recebemos o salário no final do mês, enquanto que o marketing de rede oferece de facto, melhor remuneração, se for bem feito mas projecta-se no espaço de tempo mais alargado, ou seja,o feito da duplicação demora bastante.
    Cordialmente

    • Olá, Manuela.

      Então, uma das coisas que penso que faz as pessoas verem o emprego como algo “seguro” é justamente o fato de saberem que terão dinheiro certo trinta dias após serem admitidas. Mas até que ponto isso é uma busca pela segurança e não uma atitude de comodismo? Diz-se que, via de regra, não dá pra se ganhar um dinheiro significativo no primeiro mês de MMN, mas talvez isso seja mais por uma questão de desempenho do novo distribuidor – que ainda está assimilando e aprendendo sobre o negócio – do que uma regra do setor. Mas eu já vi, sim, casos de distribuidores que, já no primeiro mês (sem migrar suas redes de outras empresas), fazem um “salário” suficiente em seus novos empreendimentos – na verdade, os bons planos são planejados para que isso seja possível. Então, pra mim, quem opta por um emprego por este motivo é justamente a pessoa que se enquadra naquele dito popular que diz “as pessoas buscam um emprego e não um trabalho”. Ou seja, o sujeito quer ganhar, mas não produzir. E, claro, ele sabe que no Marketing de Rede não terá vez.

      Definitivamente, MMN não é pra quem busca um emprego. MMN é para empreendedor! E empreendedor sabe que tem que investir recursos (dinheiro, esforço, know-how, ou seja lá o que for) e ESPERAR que eles se transformem em “retorno financeiro”. O verdadeiro empreendedor sabe que nenhuma semente germina em trinta dias. Ele está antenado nos institutos de pesquisa, que indicam que as empresas levam vários anos para tornarem-se sólidas e não vê isso como problema. Empreendedor busca ser dono, ser líder, ser livre… E não a segurança de um contra-cheque que, no fundo, lhe aprisionará. Empreendedor não busca “fazer de conta” que trabalha. Ele busca trabalho de verdade, mas que enriqueça a si e não a um suposto patrão. Concordo com você quando diz que o MMN deve ser pensado como algo feito para prosperar num “espaço de tempo mais alargado”, mas isso ocorre justamente porque ele é uma oportunidade de negócio (todos os negócios são assim) e não de emprego. E é assim que nós, distribuidores independentes, devemos sintonizar nosssas mentes.

      • @Pablo™, Muito boa resposta, uma clara e direta resposta em relação as diferenças dessa atividade MMN e a tradicional. Aposto minhas fichas nesta modalidade de negocio e tenho certeza, é o NEGÓCIO DO SÉCULO XXI como diz, Donald Trump e Robert Kyosaki… TFA.

  42. Olá Pablo

    Quero, em primeiro lugar, dar-lhe os parabens por este post que estou a comentar.

    Aquilo que vc escreveu deveria ser lido por TODOSSSSSSSSSSS.

    Realmente a confusão que vai “na cabeça das pessoas” sobre o que é o marketing de rede é TOTAL. E vc clarifica muito bem o conceito, as possibilidades e aquilo em que vc acredita, (E bem)

    Quando vc escreve no inicio do seu post ” Você verá que a teoria que uso não é um raciocínio restrito à “empresa A” ou a “empresa B”, mas, sim, é a idéia que rege toda a indústria do Marketing de Rede” vc está a explicar de uma forma muito simples mas MUITO FORTE que aquilo que nos deve preocupar, se quisermos ter exito, é a FERRAMENTA que usamos e não o “SITIO” onde a usamos.

    Estou completamente CONSIGO.

    Mais uma vez …. PARABENS

  43. Olá Pablo e leitores do Blog!
    É a primeira vez que faço um comentário por aqui. Antes, porém, não posso deixar de registrar os meus parabéns ao Pablo, bem como os meus agradecimentos por compartilhar suas experiência e vivências em MMN conosco, os leitores.
    Bom, acerca desse artigo, a minha opinião é que ele lança luz sobre as dúvidas de muita gente, inclusive de quem já está desenvolvendo a atividade há anos. A visão apresentada sobre a segurança do Distribuidor de MLM, coloca-o em igualdade de condições com todas as outras atividades que remuneram, quer seja um emprego, um comércio, uma empresa, um negócio próprio, um escritório de advocacia, etc.
    Entretanto, na minha opinião, penso que as vantagens de trabalhar com MLM são muito superiores a de uma atividade tradicional e assim endosso o conteúdo do artigo.
    Quem gosta de trabalhar nessa indústria não pode deixar de ter esses artigos anotados. São preciosidades e uma fonte real de consulta.

    Sucesso a todos!!!

    • Olá, Ronaldo.

      Obrigado pelo comentário e espero que este seja o primeiro de muitos. Conto que com você, outros leitores também comecem a comentar, pois para além das informações contidas nos artigos, o maior proveito que podemos vir a tirar do blog são as trocas de experiências decorrentes da criação de uma comunidade ativa de profissionais de MMN, compartilhando as dificuldades e as soluções utilizadas em seu dia a dia de trabalho.

      • @Pablo™,

        Boa Tarde Sr Pablo!
        Antes de mais nada, gostaria de parabeniza-lo pelo valioso esclarecimento sobre esse assunto maravilhoso, MMN!
        Já fiz parceria com duas Excelentes Empresas desde o ano de 2008 até fevereiro de 2012.
        Agora, (de fevereiro de 2012 para cá) conheci uma Empresa que no meu ponto de vista, oferece um plano de Marketing que proporciona um crescimento profissional e financeiro, para mim, mais interessante, rápido e Rentável.
        Gostaria, se possível, que pudéssemos trocar E-mails a fim de saber qual sua opinião a respeito dessa minha Nova Parceira.
        Por uma questão de Respeito aos colegas que são parceiros de Grandes e Magníficas Empresas de MMN, não revelarei aqui em público o nome dessa Empresa, somente em particular, visto que MMN é Boca a Boca. rsrs

        Desde já, Obrigado!

  44. Olá Pablo,

    Inicialmente, gostaria de parabenizá-lo pela coerência da sua linha de raciocínio e pelo capacidade didática de se fazer entender.

    Acredito também ser possível conseguir um rendimento residual e a “independência financeira”, no seguimento do marketing de rede, escolhendo-se uma empresa séria, de reputação ilibada, e atuando com ética e responsabilidade.

    Sou adepto do marketing de atração, cujo principal objetivo, é o de atrair leds qualificados para você enquanto pessoa com posicionamento relevante. Consequentemente, estas mesmas pessoas que o seguem e o respeitam por seu posicionamento proativo e relevante, poderão vir a fazer parte do seu negócio de MMN. Com certeza, estas pessoas terão uma grande possibilidade de sucesso e poder de duplicação, desde que é Claro, o seu negócio seja verdadeiramente duplicável.

    Parabéns, mais uma vez.

O QUE VOCÊ ACHOU DESTE TEXTO?

Por favor insira seu comentário!
Por favor, coloque seu nome aqui