Um momento histórico para o marketing multinivel no brasil

Se você acompanha esse blog certamente faz parte – ou pretende fazer – do mercado de marketing multinível. E como sei disso, tenho uma pergunta à lhe fazer: como tem sido seus últimos dias? ( 😆 Perguntinha capciosa, não!?) Agitados? Turbulentos? Tensos?

Os meus tem sido uma mistura de tudo isso com uma grande dose de esperança, mais algumas pitadas de otimismo. Acho que algo de muito bom está por acontecer… Na verdade, algo que já deveria ter acontecido há muito tempo, finalmente está dando sinal de que pode tornar-se realidade: as autoridades brasileiras estão olhando para o marketing de rede, estão se dando conta de que ele existe. E independente do que você e eu entendamos “ser ou não ser” marketing multinivel, acho que finalmente podemos sonhar com algum nível de regulamentação para o setor.

E, digo à você, independente da situação em que se encontre, se algum dia você foi atingido pela flecha da esperança do marketing multinivel e quer que essa indústria progrida, torça por essa regulamentação. Torça, reze, ore, faça promessa, o que for possível. Mas anseie apenas isso, em detrimento da vontade de quem quer que seja. Esse não é momento dos meus, dos seus ou dos interesses de qualquer pessoa prevalecerem. É momento apenas de tudo ser tirado a limpo. Das autoridades dizerem o que é certo e o que é errado (não, não vale o que VOCÊ entende por certo) e a partir daí, de todos os profissionais do mercado poderem andar de peito estufado. Orgulhosos de “fazerem” MMN e não apontados pela sociedade como praticantes de algo ilícito.

Evolução do multinível no Brasil

Eu sei que é difícil, mas nesse momento não pense tanto no que é melhor pra você. Pense no que é melhor para o mercado. Esqueça brigas, rixas, concorrência.. Levante apenas a bandeira da regulamentação. Pois sem ela, é possível que todo mundo saia perdendo. É possível que o multinível vá à extinção. Sim, isso é possível. Foi o que aconteceu na China. E é o que pode acontecer aqui também, se não nos organizarmos. Muito já se tentou nesse sentido, sem êxito, mas eu espero que dessa vez algo se concretize.

Nos últimos dias tenho conversado com muitos amigos, leitores do blog e até alguns grandes líderes que eu nem conhecia pessoalmente e uma coisa é comum em todas as conversas: todos sempre me perguntam porque não posto nada no blog sobre toda essa turbulência, porque não exprimo minha opinião. E minha resposta é uma só: isso não cabe a mim! Ah, Pablo, então você não quer tomar partido? Quer ficar em cima do muro? Não, amigo, eu simplesmente não sou juiz e pouco importa o que eu disser. E não, eu também não tenho medo de falar o que penso, mas me sinto na responsabilidade de não ser um “ladrão de sonhos”, que você bem sabe o que significa. Se há algo de errado, não sou eu que hei de apontar.

Sim, claro, eu sei que meu papel é trazer a informação correta aos meus leitores. Mas o que é correto, se nem as autoridades sabem? Ou, se sabem, nunca fizeram questão de nos dizer. Sim, é preciso tomar partido. O próprio Cristo disse “seja quente ou seja frio, não seja morno que eu te vomito”. É verdade, nós temos que nos posicionar, temos que seguir nossos princípios. Mas não podemos esquecer de que noutro momento Ele também falou: “atire a primeira pedra quem não tiver pecado”. E eu sou humilde o suficiente para não atirar pedra em ninguém. Repito: isso não me cabe. E tenho visto muita pedra sendo atirada, de tudo o que é lado e em toda direção, mas procuro um único inocente e não acho. É tudo jogo de interesse. Mas isso é bom! A concorrência amadurece o mercado. Quebra os monopólios e beneficia os consumidores – no caso, nós consumidores/distribuidores.

Eu quero a regulamentação do marketing de rede

Por isso, amigo, meu silêncio… Quem sou eu pra dizer que você está certo ou errado? Tudo o que eu ouço por aí é tendencioso. E eu não quero cair no mesmo erro. Todas as correntes de pensamento defendem interesses próprios, puramente financeiros. E acho que até eu próprio estou defendendo os meus ao optar pelo silêncio. Mas pelo menos não destruo o interesse dos outros em meu benefício. Não, eu não estou em nenhuma “pirâmide”. Mas, afinal, o que é pirâmide? Desde que o multinível é multinível, que quem se mete com ele, em qualquer empresa que seja, é considerado “piramideiro”. Calma, amigo! Claro que eu sei o que é uma pirâmide. Estou apenas brincando.. Mas com o intuito de fazer sua mente dar voltas e repensar seus conceitos. Você que está num negócio, digamos, não tão convencional, reflita além dos seus interesses financeiros. E você que acha que o negócio dos outros, por não ser convencional, não é legítimo, aceite que não é dono da verdade. O mundo muda! E nesse momento o que todos precisamos é de muita reflexão para termos uma grande mudança. Precisamos de um multinível lastreado por leis que nos permitam trabalhar às claras.

Ufa, se sem querer me manifestar sobre o assunto eu já vou com uns quatro parágrafos, imagina se eu quisesse.. 😆 Mas, voltando ao tema central: o que quero com esse post, meu caro leitor, é apenas fortalecer sua crença no MMN, independente de qual negócio esteja desenvolvendo e qual corrente de pensamento defenda. Esse post é dedicado a apaziguar seus ânimos! Dizer-lhe que essa indústria é maior que qualquer interesse individual. Que o conceito do multinível sempre foi perseguido – e provavelmente sempre será – mas prevalecerá à tudo. Ele não faz muito sentido para as pessoas normais. Por isso seja anormal. Seja diferente: enquanto os outros se preocupam apenas consigo, preocupe-se você com todos. Levante a bandeira do multinível e não a sua.

Com essa postura será bem mais fácil suportar o momento… Atenha-se ao que lhe cabe e aguarde com bom ânimo o que não está sob seu controle. Grandes homens suportaram altas pressões no passado e nos deixaram como maior legado a mensagem de que ser diamante é ter uma fé inabalável em dias melhores. Pense assim, aja assim. Fique em paz!

Relaxe, o multinível há de prevalecer

Com este vídeo eu não pretendo comparar empresas, momentos, situações ou circunstâncias. Quero apenas elevar seu ânimo, empreendedor do marketing multinivel, que está sendo criticado, oprimido, rejeitado, e que está com sua crença abalada. Veja que o nosso setor é forte, é seguro, é legítimo e que já sobreviveu a momentos de muita turbulência… Mas é preciso que estejamos juntos.

Eu penso que se algo tiver de ser mudado, que seja mudado. Que o que tiver que ser corrigido, que seja! Se novos rumos devem ser tomados, que tomemos. Todo esforço deve ser feito e toda dor suportada, para que tenhamos uma atividade regulamentada e reconhecida. E você, o que pensa de tudo isso?

32 COMENTÁRIOS

  1. Olá Pablo!
    Estou procurando uma empresa seria que trabalhe com MMN Sustentável.
    Espero contar com a sua ajuda.
    Grato,
    Nascimento

    • Entre em contato comigo pois trabalho com duas empresas fantásticas que só crescem e estão no mercado há mais de 16 anos.
      Muitas estórias de sucesso

    • Olá, Nascimento, entre em contato comigo, estou desenvolvendo uma proposta de MMN Fantástica, que esta No mercado há 20 anos de atuação, Construindo muitas referências Nacionais!
      Abraços Lee Florêncio :-):-)

  2. Parabéns, mais uma vez, Pablo, pelo seu artigo! Tomara que seja regulamentado o mais rápido possível. Estou no MMN a 4 anos e depois de pesquisar muito encontrei a empresa que se enquadrava no meu perfil (acredito que este seja o segredo do sucesso no MMN). No Brasil, o maior problema é as pessoas acreditarem que elas podem trabalhar de forma a serem remuneradas pelo seu esforço e além disso, contribuir para que outras pessoas também ganhem com seus respectivos esforços. Estão acostumadas a trabalharem com um mísero salário e enriquecer os outros. Se assustam com a idéia de que seu trabalho possa realmente gerar ganhos para si próprio. Trabalho como líder de vendas a mais de 10 anos (como supervisora , franquiada de grandes empresas) e sempre fui contra a ser a única beneficiada quando a equipe tinha um bom desempenho. Buscava sempre bonificar as consultoras que faziam parte de minha equipe, pois entendia que o mérito era de todas e não só meu. Mas essa atitude era minha e não da empresa. De qualquer forma, na forma tradicional tais consultoras não tinham oportunidade de chegar aonde eu cheguei, pois para que isso ocorresse eu perderia minha vaga. No MMN o que mais me encanta é saber que ganho por ajudar as pessoas a realizarem seus sonhos, a crescerem com seus esforços. Não existe disputa na equipe e sim parceria no Negócio.
    Encontrei na Polishop a possibilidade de crescer profissionalmente e como pessoa: empresa idônea, com produtos que eu adoro e com um plano de negócios muito bem estruturado e tenho certeza que existem várias empresas no MMN com este perfil. É só escolher a que se enquadra no seu perfil e partir para o sucesso – com muito trabalho e profissionalismo. Abraço a todos !

  3. Muito bom o post, afinal trabalhar com marketing nunca foi fácil, mas é uma forma inteligente de ganhar dinheiro e honesta com uma renda crescente, agora uma coisa importante para ajudar no desempenho é a questão do mmn que vc desenvolve, produtos acessíveis, valores baixos, tanto do produto quanto para o recrutamento, isso faz muito a diferença, ja desenvolvi vários mmn, e depois dos episódios que aconteceram, ninguém mais quer arriscar e pagar altos valores para aderir em alguma companhia por isso as vezes as frustrações acontecem, quando entendi isso, comecei a desenvolver marketing com produtos aceitáveis,e com valores acessíveis, tanto para quem compra quanto para que deseja ser associado da empresa, e isso tem feito a diferença, e o resultado tem sido positivo, com estratégias fantásticas, e isso faz a diferença. só para terem ideia desenvolvo um mmn onde o produto custa R$ 59,90 e o preço para se tornar associado é o mesmo, e com uma estratégia de ganho fantástico, podendo atingir um ganho de mais de 44 mil por mês vitalicio, isso que é um verdadeiro marketing, onde é possível atingir nossos objetivos, abrs a todos.

    • Olá.
      Gosto muito do MMN, já trabalhei com algumas empresas. A que estou hoje tem um plano de negócio interessantíssimo, mas cá pra nós, ainda tenho sérias dúvidas sobre a seriedade da empresa. Quero crescer nesse mercado, mas com a consciência tranquila. Como diferenciar o MMN da pirâmide financeira? Eu compro cotas da empresa e recebo diariamente por isso. Seria sustentável investir em cotas e recrutar pessoas para investir também?
      Se puder me ajudar, ficarei muito grata.

  4. Dinheiro fácil existe,
    Porém… Em todas as áreas de negócio, encontraremos fracassados e os bem sucedidos! ….. O que vejo é a falta de cultura, e capacidade de traduzir, uma proposta de negócio, a ponto de detalhar as margens de risco, vantagens, e propaganda. A Propaganda é, e sempre será mentirosa!! Não existe uma única empresa que tenha na mídia uma propaganda verdadeira, ou seja, 100%. Pois a propaganda precisa esconder o lado feio e real do negócio, para impulsionar o comprador, a ver apenas o lado vantajoso, mesmo que seja sobre o ponto de vista fantasioso. O Cinema, o mundo cinematográfico, nos ensinou a fantasiar e acreditar nas propagandas, a ponto de vermos azul, e nos convencer por algum motivo absurdo, de ganância, ou extrema necessidade, a traduzir o azul, para vermelho. A maioria das pessoas que investem nos projetos de MMN, sabem de sua mascara de sedução, mas fingem acreditar que, serão espertos até certo ponto, de não serem golpeados. Prova disso que, os últimos estrategistas do MMN, são velhos profissionais da área, e por quase todos os viciados no cheiro da riqueza e da fama, conhecidos, e admirados, pelo alto grau de persuasão que estes homens desenvolveram, com a mais fria notoriedade e sutileza!

  5. estudei durante meses o mmn antes de escolher uma empresa,pois nunca tinha trabalhado neste ramo.e percebi que tem muitos aproveitadores neste meio,mas que existem muitas empresas de mmn sérias também. mas é muito simples saber qual empresa tem um projeto sério, é só separar as empresas que tem produtos, e dentre elas escolher os produtos que tem mais aceitação, uma que te proporciona fazer um ativo naturalmente, com produtos que usamos no dia a dia. e por isso escolhi a Akmos,uma empresa com mais de 400 produtos ,entre eles cosméticos, perfumaria, nutrição, bem estar, produtos terapêuticos e roupas esportivas. e a primeira na lista da ABEVD (associaçao brasileira de vendas diretas) em um mês já obtive ótimos resultados.

  6. O MMN sempre foi legal no Brasil, inclusive tem amparo da legislação vigente, o que ainda não tem amparo legal são os sistemas binários e ou piramides financeiras que são criados por espertalhões que agem de má fé sabendo que tais sistemas não duram muito mais que um ano e se tornam insustentáveis, motivo pelos quais são interditados pela justiça como aconteceu recentemente.
    MMN-para ser considerado MMN, o participante, associado ou filiado independente de recrutar novas pessoas, obrigatóriamente o cadastro dele junto a empresa deve incluir pacotes de benefícios ou produtos, lembrando que tal empresa deve estar devidamente registrada na receita federal como MARKETING DE REDE para recolhimento devido de impostos.
    SISTEMAS BINÁRIOS OU PIRAMIDES FINANCEIRAS- simplesmente trocam dinheiro por dinheiro o que caracteriza crime de acordo com o artigo 171 do cod. civil.
    ex.: investe 2.900,00 e ganha 12 vezes 800,00 é muita ingenuidade conseguir acreditar na sustentabilidade de empresas assim.

  7. faço parte de uma empresa séria de MMN empresa brasileira com quase duas décadas no mercado, legalizada desde o in´cio da sua fundação e que tem mudado drásticamente a vida de milhares de brasileiros, por que usa uma abordagem educacional orientando seus participantes a fazerem um trabalho sério sem promessas de enriquecimento rápido e sem esforço, onde qualquer pessoa que tiver realmente vontade de vencer na vida e se der uma chance justa de fazer um trabalho com paciencia e persistencia se tornará mais um grande campeão assim como muitos já se tornaram através dessa empresa, infelizmente a maioria das pessoas acha que uma empresa de MMN irá resolver em poucos meses problemas financeiros acumulados durante muitos anos e caem inocentemente no conto de fadas do dinheiro r rápido, fácil e sem esforço. no livro dos livros está escrito ; viva o homem do fruto do seu trabalho, e MMN é um trabalho desde que seja devidamente legalizado e que não fira os princípios da moral da ética. Você pode realizar todos os seus sonhos com MMN desde que ajude o maior numero possível de pessoas a realizar os delas

  8. Graças a Deus que eles começaram a olhar para o Marketing Multinível, estava demorando. Espero que regulamentem logo este setor para trabalharmos cada vez mais fortes.

  9. Eu jamais acreditaria em alguém que venha a me prometer ganhar dinheiro fácil – sem trabalhar – faço MMN e sei que tenho que ralar muito para ganhar dinheiro nesse negócio porque só desta forma com muito trabalho é que é o verdadeiro MMN do contrário querem te roubar… CARA TU FOI INGÊNUO e pra cair nesse papo só quem realmente busca ganhar sem trabalhar – NO VERDADEIRO MARKETING MULTINÍVEL TEMOS QUE SUAR A CAMISA e só as pessoas de coragem conseguem pois se preparam e buscam informações sobre a empresa e os produtos… Depois caem em campo para trabalhar, trabalhar, trabalhar, trabalhar… Aqui se “É” se “FAZ” e se “TEM” isso é uma ordem do contrário não funciona… Exemplo: Muitos querem “TER” sem “FAZER” e sem “SER” e é por isso que acabam caindo nesses golpes.

    FIQUE ESPERTO OU ALGUM ESPERTO TIRA PROVEITO DA SUA…

    Principais antônimos de esperto:
    1. pateta, néscio, estulto, trouxa, imbecil, obtuso, lerdo, estúpido, inocente, ingênuo, mole, mentecapto.

  10. olá pablo , primeiramente parabéns mais uma vez .
    o segmento de multinível no brasil nos últimos meses vem tomando proporções variáveis , e com isso veio a necessidade de as autoridades se posicionares e mostrarem algum parecer da sua opinião sobre o mercado.
    acredito que demorou um pouco e só aconteceu agora porque envolve múltiplos interesses de ambos os lados .
    todos nós que fazemos multinível sabemos disso , e sabemos também que existe uma sombra perversa por trás de toda essa movimentação .
    é como você mesmo citou uma questão para se refletir e reorganizar sua idéias sobre o que é e como fazer ou desenvolver s empresa que você representa . certamente temos que torcer e muito ,pois é através de mmn que vemos diversas pessoas terem alguma chance a mais na vida e ter a a chance que nunca antes tiveram .
    um grande abraço e até a próxima .

  11. Meu ramo de trabalho é outro, mas o MMN Binário me fascinou e pratico pois me rende muito e dá resultado.
    Nosso país está em um momento turbulento onde as autoridades não vê a lucratividade para o país, impostos etc…
    Se verificarmos vamos ver que existe muitas coisas erradas um exemplo é a Loterias, juros bancários e outros. Para você ter ideia loteria é um jogo de azar e quem se beneficia é alguns e claro o Banco porém essa pratica aqui no brasil é licito, os juros bancários é um absurdo de altas taxas e quem ganha com isso é somente o Banco.

    – Agora o Marketing Multinível Binário todos ganham e o mais absurdo que está ocorrendo as autoridades bloqueia o andamento de empresas para investigar. ISTO É IGNORÂNCIA E DESCASO COM A POPULAÇÃO!!!

    ISSO SÓ ACONTECE NO BRASIL, POR ISSO E OUTRAS COISAS QUE O BRASIL NUNCA SERÁ PAIS DE 1º MUNDO, O BRASIL TEM CAPACIDADE DE SER UM PAIS DE 1º MUNDO E ATÉ SER O MELHOR, MAS POR INCOMPETÊNCIA DE AUTORIDADES NÃO É NOSSA REALIDADE.

    NOSSA REALIDADE É SER SUBMISSOS POR AUTORIDADES ARCAICA E NUNCA PROSPERAR SOMENTE ALGUNS, POUCOS, MINORIA DE PESSOAS QUE TENHA ALTOS CARGOS E DE PODER DE DECISÃO.

    APROVEITANDO A TURBULÊNCIA MINHA MENSAGEM É VAMOS PROTESTAR VAMOS FAZER O MMN BINÁRIO TER FORÇA QUEBRANDO PARADIGMAS E UMA JUSTA DISTRIBUIÇÃO DE RENDA ENTRE AS PESSOAS DO NOSSO PAIS
    È O MINIMO QUE PODEMOS EXIGIR, É NOSSO DIREITO!!!

  12. Parabéns pelo artigo! O momento de regulamentar o MMN no Brasil chegou. Não há mais como as empresas de MMN serem julgadas pela justiça, com base na legislação que regula o mercado convencional. Mas refletindo sobre isso, eu comecei a pensar no caminho a ser percorrido até se chegar numa minuta de lei, que atenda a todos os interesses da sociedade. Vou ser um pouco mais restritivo. Como conseguir uma legislação que permita o funcionamento de todas as empresas de MMN atualmente? Complexo, hein!? As próprias empresas de MMN não se entendem. Talvez, porque o principal concorrente delas sejam elas mesmas. E isso independente do produto ou serviço desenvolvido. As pessoas migram muito de uma empresa para outra e isso faz com que haja uma concorrência muitas vezes desleal entre elas. Já escutei muito por aí, que é melhor torcer para o fim de uma empresa, do que ter que evoluir ou fazer ajustes, para prestar um serviço melhor e distribuir melhor a sua renda. Somado a isso temos um outro problema: quais as empresas de MMN do mercado são realmente sustentáveis? Não usei o termo “pirâmide financeira”, pois, na minha opinião, uma pirâmide financeira tem características muito específicas (não tem produto, não recolhe imposto,…). A questão principal é: o sistema se sustenta sem novas adesões? Se sim, não haverá prejuízo àqueles que entraram por último. Se não, em um determinado momento alguém vai se dar mal. Simples assim! É uma questão de matemática. Questão totalmente lógica e objetiva. Na minha opinião, somente as empresas de MMN que provem ser sustentáveis devem permanecer no mercado e uma nova legislação deve beneficiar essas empresas. Parabéns pelo site! Foi a minha primeira participação e vou passar por aqui mais vezes! Abraços!

  13. Parabéns amigo pela postagem. Também concordo que esta ferramenta (MMN) maravilhosa tem que ser refletida pela legislação brasileira. Afinal tem legitimidade e grande poder de liberdade financeira através de uma cadeia inteligente de distribuição onde não somos atropelados pelo sistema tradicional capitalista de distribuição onde temos nosso poder de compra é subtraído pelas altas taxas de impostos nas diversas cadeias. Marketing Multinível é sistema inteligente de consumo, além de renda residual crescente. Vamos lutar pela manutenção das empresas comprometidas com Marketing Multinível de verdade, como a que faço parte orgulhosamente.

  14. Fico feliz em saber que temos Profissionais competentes defendendo nosso mercado e expondo tão bem suas qualidades.
    Parabéns pelo trabalho Pablo, excelente matéria..

  15. Eu faço MMN, fiquei muito feliz com esse artigo, durante esses dias com a “queda”da telexfree e aguardando o parecer da juiza no caso BBOM que sai hoje 16/07 fiquei meio apreensivo, meus amigos e parentes são parte da minha rede fora os amigos virtuais, todo mundo contestando que caiu em roubado etc… e tal, mas se eles bem perceberem que também cairia, falei “cairia” porque assim com você espero que tudo dê certo dessa vez, realmente vamos estufar o peito, pirâmide é o [email protected]#$%. Vamos nos unir e mostrar para o governo e a policial que nós somos mais, merecemos mais que esse salário mixuruca que a população recebe, que eu e você recebiamos, hoje somos nosso próprio patrão, fazemos nossos horário e ganhamos nossos quase 1 milhão (rs…brincadeira) mas vamos abrir a mente desse povo, o brasil pensando atrasado nunca vai deixar de ser pais do terceiro mundo. sempre vamos ficar pra trás a internet tá aí pra provar que sem sair de casa podemos ganha 1 2 ou 6 salários mínimos de forma justa e honesta, então meu amigo parabéns pela postagem, pelo desabafo e obrigado por me recarregar eu estava precisando!

  16. Ótimo artigo, é exatamente isso. O MMN está passando por um momento que irá ser o divisor de água para sua atividade, o que vemos ai são empresas sérias lutando pela chance de exercerem suas atividades. Assim como em 1979 o Marketing Multinível foi regularizando nos EUA ele será regularizado aqui. Força divulgadores, estamos juntos nessa!

    Um abaixo assinado está sendo organizado para regularizar as atividades, acho válido tdos que julgam como lícito se cadastrarem, maiores informações: http://mmnopenbrasil.com.br/mmn-legal-eu-apoio/

  17. gostei muito da sua colocação eu acredito no MMN é algo enovador não estamos acustumado a esse tipo de negocio mas de uma coisa tenho serteza o MMN veio para ficar de um jeito ou de outro porque ele sempre existiu no brasil, lembra da AVON, HERBALAFE, NATURA, FOREVER E OUTRAS
    vamos sim levantar essa bandeira a favor de muitos que precisa e merece ter uma chance no mercado de MMN. abraços e fica na paz do Senhor Jesus.

  18. Parabéns Pablo!!
    É realmente importante que o MMN seja regulamentado no Brasil.
    Acredito no MMN sério e sustentável. Como você sabe não sou nenhuma criança e justamente pela idade e experiência de vida que já tenho acreditei no MMN como opção de garantir minha aposentadoria em um país onde o INSS está com os dias contados.
    Acredito que só com a regulamentação nós teremos a tranquilidade de trabalhar em uma empresa de MMN séria. Sempre fui considerada uma pessoa visionária e por isso como todos os visionárias um pouco”louca” por querer viver e ser diferente, em não querer fazer o que os outros comumente fazem.
    Vamos sim nos unir e lutar por uma regulamentação do MMN no Brasil!!!

  19. Olá Pablo,

    Eu acho essa contenda judicial importante mesmo para as autoridades enxergarem o MMN e criem logo uma regulamentação oficial que defina o que pode e o que não pode.

    Contudo, nesse mercado não há como ter uma coalizão de forças. Por que? Porque existe um grupo oligárquico que ver o circo pegar fogo e com isso manter o monopólio do MMN tradicional que é uma fábrica de injustiças em que poucos ganham muito dinheiro e muitos perde dinheiro.

    Empresas que mantém esse “way of life” norte-americano são responsáveis por criar um abismo entre líderes e distribuidores e se travestem de legitimidade por meio de uma associação manipulada, a ABEVD, que para mim é um câncer do marketing de rede.

  20. Parabéns, Pablo pela visão centrada sobre o assunto. Conheço MMN há mais de 20 anos e estamos passando por uma fase, vamos dizer, interessante. Para que se tenha uma medida preventiva, o Brasil teve que ver exemplos de empresas que usaram o nome de Marketing Multinível para disfarçar pirâmides agressivas e mercantilistas.
    São várias empresas que se instalaram em nosso país, aproveitando-se da boa fé do povo brasileiro, do espírito empreendedor do nosso povo e da nossa forma de viver em harmonia com nosso próximo.
    O Marketing Multinível vai mudar, temos uma grande aliada que é a ABEVD que tem, pelo menos, nos guiado para garantir o respeito mútuo entre vendedores e consumidores.
    Conte com nosso apoio sempre que precisar.

    Laerte Dionísio
    Líder de Rede numa empresa séria de MMN.

  21. Tive uma conversa ontem bem parecida com seu post com amigos de várias empresas de MMN, e estou enfatizando isso com eles desde o que ocorreu com a telexfree, não faço parte dela, que o momento é exatamente esse, de nos unirmos e torcer pra que nossa profissão seja regulamentada no Brasil, o que de fato já deveria ter ocorrido a muito tempo, mas só agora surgindo muitos milionários de nível educacional baixo(quero dizer que não fizeram uma graduação, ou pós…) isso acaba incomodando muita gente que estudou muito e não chega a ganhar tanto…e acredito que por isso o MMN começou a ser visto em nosso país.

  22. Na china o multinível entrou em declínio porem até onde sei nos Estados Unidos ele é forte, acho que toda essa turbulência vai acabar por fortalecer o multinível pois temos muito que aprender e é claro precisamos de alguma lei que oriente isso.

  23. Boa noite Pablo, gostei muito dos seu ponto de vista aqui esclarecido, isso realmente é o que eu penso também, temos todos que nos unir em um determinado foco e traçar diretrizes para que o MMN no Brasil seja regulamentado pelas autoridades. Trabalho em Multinível Sustentável, onde podemos ajudar outras pessoas a concretizarem seus sonhos e dar uma vida digna e segura para suas famílias. Apoio e sempre apoiei o MMN, espero mesmo que essa mudança se concretize e traga para todos nós uma nação forte e com igualdade para todos.

    Obrigado amigo.

    Alisson Moura
    Profissional de MMN

  24. Estou em total acordo com seu artigo. Precisamos sim nós executivos de MMN se unir em prol da industria que hoje movimenta no Brasil uma gama de dinheiro elevando o padrão de milhares ou até milhões de pessoas de quem tem trabalhado pois existe um engano de que quem é Empreendedor, Distribuidor, Associado ou que seja vendedor no MMN não faz nada é dinheiro fácil.
    Precisamos sim regulamentar nossa industrias e que venham mais e mais empresas serias para consagrar o nosso mercado, e que todas as empresas que desenvolvem o sistema de vendas com participação de lucros através do MMN se juntem…

    …um Reino Dividido Não Subsiste.

    Levantemos a bandeira da regulamentação do setor de vendas diretas pelo sistema do Marketing Multi Nível.

O QUE VOCÊ ACHOU DESTE TEXTO?

Por favor insira seu comentário!
Por favor, coloque seu nome aqui