Brasil é destaque em Vendas Diretas mesmo em tempo de crise

Para brasileiro não há tempo ruim mesmo, ainda mais se é brasileiro vendedor… O fato é que a nossa ginga e malemolência não têm ficado apenas nos pés – como muito gringo enxerga o nosso país. Brasileiro também tem cabeça e espírito empreendedor! Mais ainda, brasileiro sabe vender bem o seu peixe… E não desiste nunca! Nem em tempo de crise!

Toda essa ‘rasgação de seda’ é para contar que foi divulgado o Relatório Global de Vendas Diretas desse ano e, na lista das 10 maiores empresas de Vendas Diretas do mundo inteiro, cinco delas são associadas a nossa ABEVD! Portanto, parabéns a Amway, Avon, Herbalife, Mary Kay e Natura!

Confira o ranking na íntegra:

Posição em 2015 Nome da Empresa Receita em 2014
1 Amway $10.80B
2  Avon $8.90B
3 Herbalife $5.00B
4 Mary Kay $4.00B
5 Vorwerk $3.90B
6 Natura $3.20B
7 Infinitus $2.64B
8 Tupperware $2.60B
9 Nu Skin $2.57B
10 JoyMain $2.00B

Fonte: http://directsellingnews.com/index.php/view/2015_dsn_global_100_list

Esse Relatório é uma publicação da Direct Selling News (DSN) e da World Federation of Direct Selling Associations (WFDSA). E também aborda, além do ranking mundial por receita, os países que mais cresceram e as categorias com maior cobertura dentro desse mercado.

O Brasil aparece em 5º lugar, com 7% de participação do mercado. Os Estados Unidos é que são os líderes, com 19% das vendas. Em seguida, vem a China e o Japão.

Brasil 2015

Em relação às categorias com maior cobertura do nicho, ainda lidera o setor de Cosméticos e Cuidados Pessoais, com 34% de fatia do mercado. E o segmento de Bem Estar também vem crescendo e já fisgou 29% desse bolo!

Veja a relação completa:
1. Cosméticos e Cuidados Pessoais – 34 %
2. Bem Estar – 29%
3. Bens Domésticos e Duráveis – 13%
4. Roupas e Acessórios – 7%
5. Livros, Brinquedos, Papelaria e outros – 3%
6. Atendimento Domiciliar (Home Care) – 2%

Fonte: WFDSA Global Stats Product Report 2014

É como venho alertando… Para fugir da crise, o caminho mais procurado tem sido o de Vendas Diretas. Só para ter uma noção do poder da atividade no mundo, o resultado de 2014 foi bastante positivo, somando US$182,8 bilhões de dólares; o equivalente a um crescimento de 6,4% ao ano. Será que o negócio é bom?

Aqui no Brasil, a adesão de profissionais a esse ramo é tanta que já bateu novo recorde de 100 milhões de pessoas trabalhando no nicho em 2014. É um aumento de 3,4% em relação ao percentual anterior – de 99,7 milhões de Revendedores em 2013.

Um artigo publicado no blog da WFDSA aponta características do setor de Vendas Diretas que contribuem para esse sucesso. São eles:
 Aprendizado de novas habilidades;
 Estímulo ao networking;
 Aumento da autoestima;
 Possibilidade de se envolver em iniciativas de responsabilidade social;
 Diversidade de perfil.

Neste último item, de ‘diversidade de perfil’, a WFDSA defende a idéia de muitos Revendedores serem Empreendedores – Gerentes de pequenas empresas que constroem os seus próprios negócios. Cita também os ‘Part-times’, que são pessoas que trabalham com Vendas Diretas para obtenção de renda extra, em tempo parcial. E ainda fala dos Clientes que ao fazerem uso dos produtos, percebem as vantagens do negócio, despertam interesse e acabam tornando-se Revendedores.

Com tanta gente provando e comprovando que vale a pena investir nesse ramo, basta criar coragem, pesquisar e ter atitude para escolher uma empresa séria de Vendas Diretas, que possa fornecer os caminhos e ferramentas necessárias para o seu sucesso como Empreendedor. E, se você já é do ramo, organize suas idéias, planeje com estratégias o seu negócio e venda o seu peixe como todo bom brasileiro sabe fazer…

Sucesso sempre!!!

5 COMENTÁRIOS

  1. O Brasil e um grande player no mercado de venda direta no mundo. E responsavel por uma grande parcela do mercado, sendo o 5? maior pais no mercado, na frente da Alemanha, Franca, Canada, entre outros.

  2. Eu trabalho com venda direta e mesmo sendo advogado achei no MMN uma forma simples de ganhar uma renda extra muito interessante. Hoje sou Polishop. Uma empresa gigante dando total suporte para seus empreendedores.

  3. Acredito que em uma década, o Brasil poderá está em primeiro lugar nas vendas diretas, já que o Marketing de Rede tem tido um considerável crescimento em sua aceitação, devido ao maior esclarecimento dessa atividade em relação às pirâmides financeiras…

O QUE VOCÊ ACHOU DESTE TEXTO?

Por favor insira seu comentário!
Por favor, coloque seu nome aqui